Projeto ReGet Me


Sistema ReGet Me, um desafio tentador.

Ricardo Kohn

Ricardo Kohn

Na primeira década deste século, mais exatamente no início de 2005, tomamos conhecimento de um projeto ambiental muito interessante, que ainda estava na fase de concepção. Um grupo de vários especialistas em questões ambientais se reunira para consolidar sua concepção e detalhá-lo. Tratava-se de um sistema informatizado, a ser operado na plataforma web, com aplicativos para atender às demandas de estudos, projetos e ações ambientais.

Entramos em contato com o grupo e fizemos uma visita a seu escritório de Belo Horizonte. Trabalhavam com gestão de obras havia mais de 30 anos. No entanto, desde o final da década de 1990, tinham encontrado diversos obstáculos para concluí-las sem prejuízo. Quase todos de ordem ambiental, envolvendo órgãos públicos de vários estados e municípios.

Acompanhamos cada vez mais de perto os trabalhos e, em fins de 2005, fomos convidados a participar do projeto, introduzindo processos para a gestão ambiental e da sustentabilidade, além de, a pedido do líder, tentar a captação de recursos para o ReGet Me.

Sem nos alongarmos, o projeto acabou parando, pois a empresa de engenharia se desfez com o falecimento de seus dois sócios. Os demais seguiram seus caminhos profissionais e nos legaram a propriedade do projeto.

Em meados de 2007 foi feito um sumário descritivo do Projeto ReGet Me, conforme segue abaixo. Para os que se dedicam ou tenham interesse em investir no setor ambiental, vale a pena compreender o alcance desta proposta.

I. Motivação do projeto

Com pequenas ações individuais simultâneas, comunidades isoladas de diversos países do planeta já realizaram ações globais de expressiva relevância. Assim aconteceu em inúmeros casos, tais como a economia de água, a limpeza de terrenos baldios, a identificação de focos de mosquitos, a coleta seletiva de lixo, a reciclagem de produtos inutilizados e muitos outros.

O que caracterizou esses processos foram dois fatores básicos: (i) uma efetiva demanda social a ser atendida e (ii) a organização espontânea de uma rede de cidadãos, por onde fluem os convites de adesão e participação.

Especialmente quando os casos eram considerados mais graves, foram criados movimentos comunitários específicos para fazer face às demandas sociais estabelecidas. Organizações não-governamentais existentes atuaram no sentido de fortalecer e acelerar os resultados esperados.

Empresas industriais assumiram alguns temas como item de responsabilidade social ou “de preservação do meio ambiente”. A imprensa entrou em ação e ofereceu suas contribuições: entrevistas, documentários, eventos, relatórios internacionais foram ventilados e discutidos.

Os assuntos tornaram-se tão expressivos que inúmeros efeitos colaterais tiveram início: empresas específicas foram criadas para oferecer soluções inteligentes; fundos de desenvolvimento destinaram capital para investimentos em projetos dedicados aos temas; e políticos fizeram campanhas espetaculares.

Neste momento do século XXI os chamados “mutirões sociais” ganharam expressão espacial. Tornaram-se grandes corridas tecnológicas. A internet, as telecomunicações, a tecnologia da informação constituem as forças de sua disseminação e solução. Ganhou-se capacidade de aglutinação de esforços, que irradiou uma forte sinergia empresarial.

Contudo, o grande mutirão atual (e que permanecerá em ação por muitas décadas) é o mais grave de toda a história da Humanidade. Trata-se de responder às oscilações climáticas do planeta e a todas as suas possíveis consequências: aumento da temperatura, ameaça de elevação dos níveis dos mares – com inundação de países insulares e inúmeras cidades litorâneas em todos os continentes – possível escassez de água, desertificações, perda de grandes espaços produtivos, eventos climáticos devastadores, miséria e fome de muitos povos, extinção de muitas espécies da flora e da fauna.

O Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), órgão ligado às Nações Unidas, divulgou em 06/04/2007 relatório apontando um cenário grave sobre os principais impactos dos “resmungos da Terra” sobre a economia global, caso medidas concretas da inteligência não sejam buscadas. No Brasil, há impactos significativos em vários lugares, como na Amazônia, no semiárido nordestino e nas regiões litorâneas.

O que se verifica é uma aparente proporcionalidade entre dois tempos históricos. No tempo passado, a limpeza do terreno baldio era realizada pela comunidade associada em mutirão, que utilizava “a tecnologia das próprias mãos”. Nos dias atuais, todo o planeta encontra-se ameaçado e cientistas tentam tecnologias limpas de ponta, que buscam melhorias.

Mas esta proporcionalidade entre problemas e suas soluções é apenas aparente. No tempo passado, a limpeza do terreno baldio era realizada e mantida através de ações comunitárias e educação. No tempo presente, o terreno baldio é o próprio planeta e sua sujeira ganhou vida própria, tornou-se autônoma e se multiplica de forma espontânea. Os mutirões de pessoas ou de cientistas provavelmente ainda não são suficientes para realizar a limpeza. Mudaram as dimensões do terreno, a sujeira ganhou múltiplas formas, as ameaças são graves e crescentes, e o tempo de trabalho para a limpeza é limitado. Talvez não chegue a 100 anos.

Por estes motivos acreditamos que, em tese, devemos atuar como o fizemos desde a origem dos tempos: com pequenas ações simultâneas resultando em ações globais. Todavia, ao invés de realizarmos apenas ações cidadãs individuais, devemos realizar ações setoriais simultâneas. Cada setor econômico deve fazer a sua parte na limpeza do terreno baldio planetário.

Para auxiliar na solução deste problema, em fins de 2007 foi concebido e detalhado o projeto do Sistema ReGet Me, a ser operado em rede, pela internet.

II. A proposta

O ReGet Me constitui uma rede internacional de sistemas informatizados para a execução de práticas ambientais legalmente instituídas no Brasil e no mundo ocidental, assim como de outras práticas e processos delas derivadas.

Seu projeto nasceu a partir de uma iniciativa dos setores da engenharia, ambiental e da tecnologia da informação. É uma rede composta de processos e conhecimentos ambientais que busca atender a todos os setores econômicos, utilizando ferramentas tecnológicas que auxiliam sobremaneira “na limpeza e na manutenção do terreno baldio planetário”.

De um lado auxilia a profissionais. De outro, a todas as organizações produtivas, privadas e públicas, que o utilizarem, independentemente de onde se localizem no planeta e do tipo de transformação ambiental que realizam através de suas atividades.

III. Os produtos

As operações e ferramentas do ReGet Me somam 26 aplicativos de ordem ambiental. Atendem a todas as etapas do ciclo de vida de uma organização, ou seja, projeto de engenharia, obras e ampliações, operação da organização, sustentabilidade de seus resultados no ambiente e mesmo o seu eventual descomissionamento. Além disso, possui ferramentas para realizar a viabilidade, licenciamento, plano ambiental e a gestão da sustentabilidade de uma organização produtiva, bem como de suas práticas de segurança e saúde no trabalho.

III. Aplicativos ambientais do ReGet Me

Os aplicativos do ReGet Me permitem que usuários elaborem e compartilhem, em ambiente internet, os seguintes serviços:

  • Identificação da Transformação Ambiental de um território.
  • Estabelecimento das Premissas Iniciais de Estudos Ambientais (requisitos legais, área preliminar de influência e matriz preliminar de impactos ambientais).
  • Elaboração da Caracterização de Empreendimentos, com informações sobre projetos, obras, operação e descomissionamento.
  • Realização e Gestão de Campanhas de Campo.
  • Elaboração de Diagnóstico Ambiental Completo da área de influência de um projeto ou de uma organização existente.
  • Consolidação das Premissas dos Estudos.
  • Elaboração da Matriz de Impactos Ambientais em sua versão final, atendendo às necessidades de prognósticos ambientais para a área de influência em estudo.
  • Formulação de Prognósticos Ambientais, considerando até três cenários futuros da área de influência.
  • Formulação de Cenários Ambientais futuros detalhados.
  • Avaliação Qualiquantitativa de Impactos Ambientais para todos os cenários formulados.
  • Desenvolvimento, Implantação e Gestão de Planos Corporativos Ambientais.
  • Realização de Auditoria de Planos Corporativos Ambientais.
  • Elaboração de Estudo Preliminar de Viabilidade Ambiental, visando a oferecer suporte à tomada de decisão de investidores acerca da implantação ou não de um projeto de engenharia.
  • Desenvolvimento de Estudo de Impacto Ambiental para projeto de engenharia, visando a seu licenciamento.
  • Elaboração de Relatório de Impacto Ambiental – Rima.
  • Programação e Gestão de Audiências Públicas.
  • Elaboração e Gestão de Projetos Ambientais.
  • Levantamento e Gestão de Passivos Ambientais.
  • Desenvolvimento, Implantação e Gestão de Planos Executivos para Gestão Ambiental de Obras.

O Sistema ReGet Me também possui aplicativos para atividades de administração ambiental de organizações produtivas.

  • Elaboração e Gestão de Procedimentos Ambientais.
  • Implantação e Gestão de Comitê de Gestão Ambiental e da Sustentabilidade.
  • Implantação e Gestão de Ouvidoria Ambiental.
  • Desenvolvimento e divulgação de Código de Conduta Ambiental.
  • Gestão da Obtenção e Renovação de Licenças Ambientais.
  • Elaboração de Termos de Referência para estudos ambientais.

Todos os trabalhos acima apresentados, quando são estabelecidos legalmente, contemplam a legislação brasileira vigente.

O Projeto ReGet Me vai além dos aplicativos de que dispõe. Oferece palestras, seminários e cursos intensivos para todos os interessados.

IV. Benefícios do Sistema ReGet Me

  • Acessibilidade: todas as ferramentas do sistema são residentes em plataforma web, podendo ser acessadas de qualquer região que possua acesso à internet.
  • Comunicação: através da rede ReGet Me as comunicações entre todos os atores, públicos e privados, diretamente ligados a cada processo ambiental em elaboração, podem ser permanentes e gratuitas.
  • Sinergia: o sistema permite que haja compartilhamento de conhecimentos e de soluções ambientais entre organizações produtivas de um mesmo grupo empresarial.
  • Flexibilidade: todos os aplicativos constituintes do sistema podem ser customizados pelos próprios usuários, em conformidade com suas necessidades, bem como com a legislação ambiental vigente.
  • Operacionalidade: o sistema permite que seja efetuada a gestão de equipes e de processos à distância.
  • Economia: redução de custos dos processos ambientais atendidos pelo projeto.
  • Agilidade: redução de prazos de processos e de licenciamentos ambientais.
  • Variedade: os usuários corporativos do sistema podem desenvolver outros processos integrados ao ReGet Me que sejam de seu interesse.

V. Mercado potencial

No Brasil existem cerca de 8 mil corporações produtivas que já realizam há algum tempo investimentos e despesas de ordem ambiental, em função das demandas legais estabelecidas para suas atividades pré-produtivas, produtivas e pós-produtivas.

Não possuímos uma medida de grandeza do volume de recursos financeiros destinados à gestão ambiental de empreendimentos e projetos. Mas, sem dúvida, alguns bilhões de reais são anualmente despendidos em questões ambientais por estas 8 mil organizações.

O uso da rede de aplicativos do sistema pelas organizações que já dispõem de área ambiental própria permitirá uma expressiva redução de dispêndios, além de agilidade e qualidade em seus processos ambientais, tanto respondendo aos requisitos legais estabelecidos, quanto à sua própria política ambiental.

VII. Mercado concorrente

Até o momento não existem no mercado brasileiro e internacional sistemas sequer similares ao ReGet Me. Da mesma forma ainda não existem iniciativas de desenvolvimento destes web-sistemas, muito embora em alguns setores já existam sistemas operando em plataforma web.

Por fim, merece salientar que, partindo do zero em inovações tecnológicas desta natureza, um similar ao Sistema ReGet Me demandaria pelo menos 3 anos para ser concebido, detalhado, desenvolvido e implantado. O custo desse processo seria da ordem de 3,6 milhões de reais. Parte deste investimento já fora realizado. Ou seja, o ReGet Me já se encontrava concebido e detalhado em 2007. Faltava desenvolvê-lo, testá-lo e implantá-lo.

VIII. Abrangência do Negócio

O ReGet Me pode ser oferecido de diversas formas aos mercados potenciais de vários países, em especial na América Latina. Pode ser oferecido para pessoas físicas e para organizações produtivas. Mas também pode ser apresentado a governos nacionais, que passam a oferecer o sistema a organizações que são legalmente demandadas para a realização dos processos e das práticas ambientais instituídas.

IX. Nova proposta

Essa proposta procurou investidores no período de meados de 2007 a fins de 2008. Chegou a oferecer a parceria majoritária no projeto. Foram feitas apresentações detalhadas do ReGet Me em instituições e bancos de fomento nacionais. Todos afirmaram que o projeto era de alta qualidade, mas que deveriam ser buscados investidores privados.

Sendo assim, estamos disponíveis a todos os interessados em investir no setor ambiental para apresentarmos o Projeto ReGet Me.