Sucessão de terremotos


Em 5 dias, de 11 a 15 de novembro, ocorreram cinco terremotos, com forte magnitude (a partir de 6 graus Richter) nos continentes americanos, ao longo da costa do Pacífico. De norte para o sul, foram os seguintes eventos ambientais:

  • Alasca, em 12 de novembro: 6,4 graus.
  • México, 15 de novembro: 6,0 graus.
  • Guatemala, 11 de novembro: 6,5 graus.
  • Chile, 14 de novembro: 6,1 graus.
  • Chile, 13 de novembro: 6,0 graus.

Suas regiões de ocorrência encontram-se grafadas em vermelho no mapa abaixo.

Terremotos no continente americano

Para os brasileiros não há muito a temer quanto a esse tipo de evento, que ocorre diariamente na litosfera do planeta. O Brasil encontra-se mais ou menos seguro no centro da Placa Sul-Americana. Apenas alguns tremores leves podem afetar estados brasileiros situados mais a oeste. Contudo, terremotos ainda são imprevisíveis.

Para mais informações, siga o link Monitor Global.

3 pensamentos sobre “Sucessão de terremotos

  1. Quando uma borboleta bate as asas na Amazônia, seus efeitos vão longe…Imagine terremotos!

    Curtir

  2. SERIA LEGAL COMENTAR PORQUÊ O BRASIL ESTÁ SEGURO QUANTO A TERREMOTOS. ESTAMOS NO MEIO DO QUE SE DENOMINA CRÁTON. O RESTO, DEIXO CONTIGO…

    Curtir

Os comentários estão desativados.