Conceito e Preconceito


Escutamos e lemos quase todos os dias alguém acusando a outrem de ser preconceituoso, discriminador, mentiroso e outros adjetivos similares associados ao tema do preconceito. No entanto, nunca ouvimos alguém fazer esta afirmação:

─ “Você é conceituoso”.

Mas ressaltamos que esta palavra não significa que o sujeito acima abençoado seja um “construtor de conceitos”, um “conceituador”. Em verdade, conceituoso é sinônimo de sentencioso, judicioso, ponderado. Igual ao nobre gorila…

Conceituoso…

O uso dessas palavras – conceito e preconceito – é bastante comum, muito embora nem todos hajam atentado para seus reais significados. Por isto, vejamos.

Significado de Conceito [do latim conceptu]

(1) Representação de um objeto pelo pensamento, por meio de suas características gerais.

(2) Ação de formular uma ideia através de palavras; definição; caracterização.

(3) Consiste na descrição detalhada de um objeto, seja ele material ou abstrato, permitindo a compreensão do que é o objeto e de como ele se comporta.

A par de existirem várias outras definições para “Conceito”, a de número (3) é a que mais se adequa ao propósito deste artigo.

Podemos assegurar que conceitos são elementos que fundamentam a geração e a construção dos conhecimentos em geral, bem como os meios básicos para a educação e, sobretudo, os fundamentos para a comunicação entre pessoas e organizações.

Sem o domínio dos conceitos básicos e principais da área de interesse de uma pessoa, ela decerto não terá meios para compreender seus processos. Ou, pelo menos, terá várias dificuldades.

Uma imagem do conceito de Ambiente

Significado de Preconceito [do latim praeconceptu]

(1) Conceito antecipado, formulado a partir de um julgamento impróprio, sem a presença de qualquer conhecimento dos fatos e sempre com sentido depreciativo sobre pessoas, grupos, instituições ou objetos.

(2) Análise tendenciosa, falsa e mentirosa.

(3) Discriminação voluntária, provocativa ou agressiva.

Também existem outras definições para preconceito. Todavia, as três acima, combinadas, são suficientes para o presente artigo.

Asseguramos uma coisa: preconceitos constituem os piores meios de impedir a geração e a oferta de conhecimentos para todas as sociedades. Destroem qualquer nível da educação, sobretudo a pública, e anulam a comunicação entre pessoas e instituições, embarreirando-a com princípios da ignorância, que logo se tornam os únicos e verdadeiros Dogmas do Estado.

Se preconceitos são formulações antecipadas, emitidas a partir de um julgamento impróprio, sem qualquer conhecimento dos fatos, se são análises falsas e tendenciosas, agressivas e provocativas, então as mentiras podem estar erigidas sobre “preconceitos planejados”.

E não são raras as oportunidades em que preconceitos são formulados simultaneamente por diversos políticos, de maneira articulada, sempre na busca de confundir e silenciar a mídia sem cabresto. São preconceitos de bancadas quando confirmam sua honestidade (mentira), seus princípios públicos (mentiras), sua importância e realeza (mentiras safadas); quando juram que amam o “o povo brasileiro” e tudo farão para melhorar a sua qualidade de vida (mais mentiras).

O que estamos assistindo na televisão é um fato: enquanto o “amado povo” batia palmas para ouvir promessas e receber esmolas, está sendo comprovado pela mais alta corte do país que uma grande quadrilha formada por diversos partidos políticos e empresas fantasmas roubava o Estado durante quase três anos. Isso é um Conceito.

Preconceito foi a balela permanente que escutamos de inúmeros políticos brasileiros, pertencentes a vários partidos, desde o retorno do Brasil ao estado democrático, há exatos 27 anos.

Aguarde nossa resposta...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s